Controle de Processos

Aqui você poderá acompanhar o andamento atualizado de seu processo. Para saber mais, contate-nos.

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Newsletter

Inscreva-se. Nós do Furno Petraglia Advocacia teremos o prazer de mantê-lo informado acerca das novidades jurídicas que lhe interessem. Seu cadastro é muito importante para nós.

Endereço

Rua Bittencourt , 141 , Conj. 35
Centro
CEP: 11013-300
Santos / SP
+55 (13) 3219-1145+55 (13) 3223-3386

Concurso para remoção de cartorários realizado neste domingo (24) trará melhoria dos serviços

Representantes de cartórios extrajudiciais no Estado de Goiás participaram do concurso público de provas e títulos para outorga de Delegações de Notas e de Registros Públicos do Estado de Goiás, realizado pelo Poder Judiciário Estadual neste domingo (24), para o preenchimento de aproximadamente cem vagas destinadas à remoção, disponibilizadas aos titulares de cartórios que buscam mudar de serventia. “Estou seguro de que este concurso vai propiciar a melhoria dos serviços extrajudiciais, além de cumprir determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no sentido de oferecer  à sociedade goiana serviços com eficiência e qualidade, por meio do aprimoramento da área, com a renovada atuação dos futuros aprovados”, disse o presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Carlos França. O chefe do Poder Judiciário Estadual também ressaltou que os cartórios extrajudiciais são responsáveis pela segurança jurídica dos assentos da vida civil das pessoas e dos negócios realizados pelos cidadãos, o que também reflete na prestação jurisdicional oferecida pelo Poder Judiciário. O presidente da Comissão Examinadora do concurso dos cartórios, desembargador Marcus da Costa Ferreira, destacou que as expectativas são de um certame equilibrado e que, no próximo domingo (31), serão realizadas as provas relativas ao ingresso de delegação. “Trabalhamos para que o processo de avaliação ocorra de maneira transparente, e desejamos sorte aos candidatos a fim de que possam prestar um serviço de qualidade à população de todo o Estado”. Boas-vindas Para dar as boas-vindas aos candidatos, a juíza auxiliar da Presidência do TJGO, Jussara Cristina Oliveira Louza, esteve nas cinco salas de realização das provas desejando sorte aos candidatos, e salientou a proximidade do atendimento das serventias extrajudiciais com a população. “Os serviços prestados pelos cartórios são essenciais à sociedade, provendo registros que vão desde o nascimento até o falecimento do cidadão”.A secretária da Comissão de Seleção e Treinamento do TJGO, Mariza Carneiro Favoretto, durante a saudação aos inscritos, afirmou que a “realização de concursos para suprir as necessidades e demandas do Poder Judiciário goiano é uma das prioridades da atual gestão do TJGO, incentivada pelo desembargador Carlos França”. Novos Horizontes Titular de cartório no interior do Estado, E.C.S disse que busca a mudança de serventia extrajudicial, pois é adepto à possibilidade de conhecer e trabalhar em outras comarcas. Ele elogiou a atual gestão do TJGO, que tem à frente o desembargador Carlos França, "que incentiva e valoriza a agilidade e eficiência na prestação jurisdicional, atendendo a recomendação do CNJ e garantindo transparência e equidade na administração pública”, disse. Também inscrita no processo de seleção, a cartorária L.F.O, oficial de um dos tabelionatos de registro do Estado, ressalta o anseio por gestões transparentes e acessíveis, que valorizem os princípios isonômicos e democráticos da promoção de concursos para cargos públicos. “Enquanto cidadãos, aguardamos a oportunidade de participarmos dos mecanismos da administração pública, com igualdade de direitos e deveres”, disse a candidata, que, por questões de proteção de dados pessoais, não pode ter a identidade revelada.  (Texto: Carolina Dayrell / Fotos: Wagner Soares - Centro de Comunicação Social do TJGO)
24/10/2021 (00:00)
Visitas no site:  6238012
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia