Controle de Processos

Aqui você poderá acompanhar o andamento atualizado de seu processo. Para saber mais, contate-nos.

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Newsletter

Inscreva-se. Nós do Furno Petraglia Advocacia teremos o prazer de mantê-lo informado acerca das novidades jurídicas que lhe interessem. Seu cadastro é muito importante para nós.

Endereço

Rua Bittencourt , 141 , Conj. 35
Centro
CEP: 11013-300
Santos / SP
+55 (13) 3219-1145+55 (13) 3223-3386

Parceria entre VEPMA e museu propicia formação em troca de revitalização

Parceria entre VEPMA e museupropicia formação em troca de revitalizaçãoO Museu Júlio de Castilhos foi sede na tarde dessa terça-feira, 10/12, do lançamento do projeto Um Dedo de Prosa, parceria entre a instituição - a mais antiga do tipo no Rio Grande do Sul - e a Vara de Execuções de Penas e Medidas Alternativas de Porto Alegre. O evento contou com a presença da Secretária estadual da Cultura, Beatriz Araújo.A iniciativa, uma via de duas mãos, na definição do Juiz de Direito Luciano Losekann, estabelece que pessoas tenham no museu um lugar para cumprimento de pena, podendo eventualmente aprender um ofício ao atuar como prestadores de serviços. De outra parte, o museu se habilita a captar recursos administrados pela Vara de Execuções.Museu Júlio de Castilhos sedia o projeto, que terá quatro peçasdo acervo restauradas com verbas provenientes do JudiciárioCom a verba destinada está prevista a restauração de quatro peças do acervo do MJC com problemas de conservação ¿ dois quadros do pintor piauiense Lucílio de Albuquerque , uma vitrola de mesa que pertenceu ao médico e político gaúcho Protásio Alves e o piano que dá nome à sala no térreo do prédio. Também é meta a confecção de mobiliário de modo a permitir a ampliação do acervo a ser exposto no casarão da Rua Duque de Caxias, no Centro Histórico da capital.Outra pretensão com a parceria é explicada por Dóris Couto, Diretora do Museu: "A formação dos prestadores de serviço como mediadores, agentes de história e de memória. O objetivo é explicar a essas pessoas, que vêm contribuindo de uma forma inestimável, como esses objetos que temos aqui contam a história, de quem é essa história, e porque outros não estão contemplados com suas peças, com seus vestuários."Juiz Losekann informou que convênio também abrangeoutras instituições ligadas à Secretaria da Cultura. Somente em 2019,cerca de R$ 1,5 milhão foi repassadoa órgãos do Estado e entidades de cunho socialEm um segundo momento, esses mediadores estarão aptos ¿a trazerem suas famílias, amigos, e vão, com seus olhares, com o que nós passamos de informação, contar sobre as exposições e acervo do museu¿, completa.Dóris Couto, Diretora do Museu, explicou que objetivo da parceriaé  formação dos prestadores de serviço como mediadores,"agentes de história e de memória" ConvênioConforme o Juiz Losekann, o convênio da VEPMA abrange outras instituições ligadas à Secretaria da Cultura, como o Instituto de Estadual de Música. O magistrado registra que apenas em 2019 cerca de R$ 1,5 milhão oriundo das penas pecuniárias já foram repassados a órgão do Estado e entidades privadas de cunho social. Leia mais: http://www.tjrs.jus.br/site/imprensa/noticias/?idNoticia=485877.Beatriz de Araújo, Secretaria de Estado da Cultura,prestigiou início do projetoHistóriaCriado em 30/1/1903 pelo Presidente do Estado, Antônio Augusto Borges de Medeiros, o "Museu do Estado" recebeu o nome atual em 1907, em homenagem ao ex-presidente do RS, falecido em 1903. O Museu Júlio de Castilhos é o mais antigo do Rio Grande do Sul e possui acervo de aproximadamente 10 mil peças.Lançamento teve concerto de pianodo artista Antônio Augusto de Medeiros Siga o link para mais informações: http://museujuliodecastilhos.blogspot.com/.EXPEDIENTETexto: Márcio DaudtAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tjrs.jus.br Publicação em Thu Dec 12 21:34:00 BRT 2019 Esta notícia foi acessada: 12 vezes.
12/12/2019 (00:00)
Visitas no site:  2607855
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia