Controle de Processos

Aqui você poderá acompanhar o andamento atualizado de seu processo. Para saber mais, contate-nos.

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Newsletter

Inscreva-se. Nós do Furno Petraglia Advocacia teremos o prazer de mantê-lo informado acerca das novidades jurídicas que lhe interessem. Seu cadastro é muito importante para nós.

Endereço

Rua Bittencourt , 141 , Conj. 35
Centro
CEP: 11013-300
Santos / SP
+55 (13) 3219-1145+55 (13) 3223-3386

Principal

TJSP na Mídia: corregedor-geral do TJSP fala sobre fiscalização ao Estado de S. Paulo

Desembargador abordou correições extrajudiciais.     O jornal “O Estado de S. Paulo” publicou, no domingo (14), entrevista com o corregedor-geral da Justiça do Estado de São Paulo, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco. Sob o título “Fiscalização é constantemente aprimorada pelo Tribunal de Justiça, diz corregedor-geral”, a matéria abordou em especial a fiscalização dos cartórios extrajudiciais. O texto ressalta que processos administrativos da Corregedoria identificaram rombo de R$ 57,3 milhões em repasses ao Estado e em pagamentos de imposto de renda.     O magistrado respondeu a persas questões, como monitoramento de repasses, medidas tomadas pela Corregedoria diante de casos de desvio e equipes de fiscalização. “Determinei, quando assumi a Corregedoria Geral da Justiça, que em todas as correições anuais, que são os nomes das fiscalizações, os responsáveis pelos cartórios forneçam declarações, sob pena de responsabilidade cível e penal, de que não existem débitos com repasse de emolumentos, obrigações trabalhistas, Imposto de Renda e ISS, ou relacionem os débitos existentes. Esse é mais um instrumento para verificar quais são as eventuais dívidas com emolumentos e a sua causa, para adoção de todas as medidas cabíveis”, exemplificou Geraldo Francisco Pinheiro Franco.     Confira a matéria na íntegra.          imprensatj@tjsp.jus.br
15/04/2019 (00:00)
Visitas no site:  1344100
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia